Maldita gravidade!

 


 
Quanto tempo faz que a danada da gravidade esvaziou a porção superior da ampulheta que me separava desse espaço?!?!?!
Não sei bem, e nem quero calcular. Tampouco lembrar das vezes anteriores em que me dispus a voltar mais frequentemente aqui.
Promessas passadas e, principalmente as não cumpridas, devem ser esquecidas. Se o santo não me cobrou até agora, eu que não sou um deles é que vou aproveitar pra disfarçar e voltar quietinho, assim como quem não quer nada…
Bem, nos veremos por aqui. Dessa vez, os encontros não tem hora exata, mas têm obrigação de acontecer. Aguardemos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: